Voo Humanitário para Portugal

O voo de apoio ao regresso do Brasil, por razões humanitárias, realizar-se-á no próximo dia 27 de Fevereiro, sendo operado pela TAP.
 
A transportadora aérea contactará os passageiros que, sendo portugueses ou cidadãos estrangeiros residentes em Portugal, foram afetados pela suspensão dos voos e manifestaram, junto dos postos consulares portugueses no Brasil, necessidade de regresso imediato a território nacional, por razões humanitárias.
 
Nos termos do Despacho n.º 1689-C/2021, de 12 de fevereiro, os passageiros do mencionado voo humanitário ficam obrigados, cumulativamente, a:
 
1) Apresentar comprovativo de realização de teste laboratorial (RT-PCR) para rastreio da infeção por SARS-CoV-2, com resultado negativo, realizado nas 72 horas anteriores ao momento do embarque, com exceção das crianças que não tenham completado 24 meses de idade;
 
2) Cumprir, após a entrada em território nacional, um período de isolamento profilático de 14 dias, no domicílio ou em local indicado pelas autoridades de saúde portuguesas